O que é o eNPS e como medir na empresa?

As maiores empresas do mundo reconhecem a importância dos seus colaboradores para o sucesso do negócio. Na verdade, o fator humano passou a ser tão ou mais valorizado do que o investimento em equipamentos e processos, já que a inovação se tornou o principal diferencial competitivo do mercado atual.

Por esse motivo, é fundamental que você saiba o que é o eNPS e como aplicar esse medidor junto aos seus colaboradores — e é justamente isso que veremos neste artigo. Continue a sua leitura para conferir!

O que é o eNPS

Sigla para Employee Net Promoter Score, o eNPS nada mais é que um indicador de satisfação dos funcionários de uma empresa. Ele é originário do NPS (Net Promoter Score) uma ferramenta voltada para a avaliação do atendimento aos clientes que, posteriormente, foi adaptada para uso junto aos empregados.

O eNPS classifica cada funcionário de acordo com as chances de ele recomendar a sua organização como um bom local para trabalhar e, eventualmente, de atuar como promotor dos seus produtos e serviços. Afinal, além de cativar os clientes, você precisa de uma equipe bem ajustada e engajada para manter a produtividade em alta e evitar a rotatividade de funcionários, certo?

Embora não seja a forma mais completa de avaliar esse engajamento dos colaboradores, o eNPS é uma ferramenta incrível para começar essa apreciação, principalmente devido à sua simplicidade. Ele fornece as informações de que você precisa para entender, exatamente, do que os funcionários gostam e o que eles acreditam que precisa melhorar na sua organização.

Como funciona a sua fórmula de cálculo

Em primeiro lugar, são feitas três perguntas feitas a cada um dos funcionários, que devem respondê-las anonimamente. De acordo com as respostas, eles são classificados como “Promotores”, “Neutros” ou “Detratores” da empresa. As perguntas são:

  1. quanto ao ambiente de trabalho — de 0 a 10, qual é a chance de você dizer que esta empresa é um bom lugar para trabalhar?
  2. quanto ao líder — de 0 a 10, qual é a chance de você recomendar o seu superior como um chefe bom com quem trabalhar?
  3. quanto à qualidade dos produtos e serviços — 0 a 10, qual é a chance de você indicar os produtos e/ou serviços da empresa para parentes e amigos?

Tirando a média entre as notas dessas três respostas, tem-se o score final individual do colaborador. Caso seja igual ou acima de 9, ele é considerado um “Promotor”; entre 7 e 9, ele é chamado “Neutro”; e abaixo de 7, “Detrator”.

Depois disso, a pontuação do eNPS é calculada tomando a porcentagem de “Detratores” e subtraindo-a da porcentagem de “Promotores”, para obter uma pontuação de 0 a 100.

Por exemplo, vamos supor que a sua empresa tenha 50 funcionários. Deles, 30 foram classificados como “Promotores”, 15 como “Neutros” e 5 como “Detratores”. Logo:

30 / 50 = 60% de Promotores

5 / 50 = 10% de Detratores

então, seu eNPS é de 50 (60% – 10%).

Não existe um valor exato que seja considerado ótimo para esse indicador, mas acredita-se que as empresas precisam buscar um eNPS sempre acima de 70. Quanto maior ele for, melhor.

Por que é importante medir o eNPS

Existem muitas razões e vantagens pelas quais você deve acompanhar o nível de satisfação dos seus colaboradores. No caso do eNPS, como dissemos, a principal delas é a sua facilidade de aplicação.

Os resultados podem ser obtidos com tranquilidade, sem a necessidade de muito esforço das equipes de RH, sem ocupar muito o tempo dos colaboradores e a um custo baixo. Esse é um ótimo ponto de partida para avaliar se é preciso investir em ações mais direcionadas para garantir o engajamento de todos aos objetivos da empresa, motivando as pessoas e retendo os talentos.

Além disso, porém, ainda há outros motivos para aplicar o eNPS na sua equipe. Veja a seguir!

Aposte no anonimato

A grande maioria dos funcionários hesita bastante antes de expressar abertamente suas insatisfações com relação às condições de trabalho ou ao empregador. Afinal, ainda que não estejam felizes, as pessoas precisam do seu trabalho para se manter, e temem algum tipo de retaliação.

Powered by Rock Convert

Nesse sentido, quando você oferece uma ferramenta anônima como o eNPS, é bem mais fácil obter respostas autênticas. E essas são as informações realmente relevantes para que você entenda o real nível de satisfação da sua equipe.

Retenha mais talentos

A alta rotatividade de funcionários nunca é benéfica para uma empresa. Afinal, leva tempo para treinar e qualificar os colaboradores, até que compreendam todas as tarefas e métodos de trabalho, e ter que fazer isso com regularidade gera uma enorme despesa, além de comprometer a produtividade.

Além disso, profissionais realmente competentes recebem muitas ofertas de trabalho. Se estiverem insatisfeitos com o local onde desempenham suas atividades, não hesitarão em aceitar uma proposta mais amigável. Com isso, a sua organização acaba ficando apenas com aquelas pessoas que não podem se dar ao luxo de pedir demissão.

Quando está ciente do nível real de satisfação dos seus colaboradores, você pode aplicar estratégias para aumentar o engajamento e reter esses talentos por muito mais tempo. Assim, sua empresa reduz custos com novas aquisições e fica mais forte para vencer a concorrência.

Acompanhe seus colaboradores de perto

Um bom empreendedor sabe da importância de prever os problemas e agir antes que a situação saia do controle. Portanto, é muito importante prestar atenção a qualquer variação que possa desestabilizar a harmonia da sua equipe.

Como o eNPS é uma ferramenta bem simples de aplicar e calcular, você consegue utilizá-lo com regularidade. Isso permite um acompanhamento sistemático, identificando logo no começo quando algo não vai bem, antes que o problema se torne crônico e contamine todo o setor. Não tenha dúvidas: agir antes que a situação se agrave é bem melhor e mais barato do que solucionar a questão quando o prejuízo já aconteceu.

Por fim, agora que você já entende o que é eNPS e qual é a sua importância para qualquer instituição, está na hora de fazermos uma reflexão.

Pense no quanto você valoriza o bem-estar dos seus colaboradores e qual é o seu grau de preocupação em medir a satisfação deles. Muitas vezes, gastamos tanta energia com as influências externas que negligenciamos nosso ativo mais poderoso: as pessoas. Então, sua organização pode contar com colaboradores engajados, que vestem a camisa e valorizam a marca da empresa? Pense nisso!

Gostou da leitura? Agora, aproveite para curtir a nossa página no Facebook e fique por dentro dos nossos próximos conteúdos!