O que é o eNPS e como medir na empresa?

As empresas de todo o mundo reconhecem a importância de seus colaboradores para o sucesso do negócio. O fator humano passou a ser tão ou mais valorizado do que o investimento em equipamentos e processos, já que a inovação se tornou o principal diferencial competitivo.

Por esse motivo, é fundamental que você saiba o que é o eNPS e aplique essa pesquisa junto a seus colaboradores. Neste artigo, você poderá conhecer mais a respeito do eNPS e de como medir esse indicador. Continue sua leitura!

O que é o eNPS?

Originalmente, o NPS era uma ferramenta usada para avaliar o atendimento aos clientes, sendo posteriormente adaptada para ser utilizada junto aos empregados. Já o eNPS, sigla em inglês para Employee Net Promoter Score, se tornou então uma maneira ágil de as empresas medirem a satisfação e a lealdade de seus colaboradores.

O indicador mede as chances de um funcionário estar disposto a recomendar sua organização como sendo um bom local para se trabalhar e também atuar como promotor de seus produtos e serviços.

Embora não seja a forma mais completa de avaliar o nível de engajamento dos colaboradores, o eNPS é uma maneira incrível de começar, devido à sua simplicidade. Ele fornece as informações de que você precisa para entender exatamente o que os funcionários gostam e o que eles acreditam que precisa melhorar em sua organização.

Fórmula de cálculo

O eNPS é uma medida da probabilidade correlacionada às possibilidades de seus empregados recomendarem a empresa. De acordo com suas respostas, eles são classificados como “Promotores”, “Neutros” ou “Detratores”.

São feitas três perguntas a cada um dos funcionários, que devem responder anonimamente:

  1. Relacionada ao ambiente de trabalho: de 0 a 10, qual a chance de você dizer que a empresa é um bom lugar para trabalhar?
  2. Relacionada ao líder: de 0 a 10, qual a chance de você recomendar seu superior como um chefe bom para se trabalhar?
  3. Relacionada à qualidade dos produtos e serviços: 0 a 10, qual a chance de você indicar os produtos e/ou serviços da empresa para parentes e amigos?

Tirando a média entre as notas dessas três respostas, tem-se o score final individual do colaborador. Caso a nota seja igual o acima de 9, ele é considerado um “Promotor”. Entre 7 e 9, ele é chamado “Neutro”. E abaixo de 7, “Detrator”.

A pontuação do eNPS é então calculada tomando a porcentagem de “Detratores” e subtraindo-a da porcentagem de “Promotores” para obter uma pontuação de 0 a 100.

Por exemplo, vamos supor que sua empresa tenha 50 funcionários. 30 foram classificados como “Promotores”, 15 como “Neutros” e 5 como “Detratores”. Ou seja, 30 / 50 = 60% e 5 / 50 = 10%. Então, 60% – 10%, seu eNPS = 50.

Não existe um valor exato que seja considerado ótimo para esse indicador, mas acredita-se que as empresas precisam buscar um eNPS sempre acima de 70, e quanto maior, melhor.

Por que medir o eNPS?

A principal vantagem do eNPS é sua facilidade de aplicação. Seus resultados podem ser obtidos com tranquilidade, sem a necessidade de muito esforço das equipes de RH, sem ocupar muito o tempo dos colaboradores e a um custo baixo.

Sua mensuração pode ser um ótimo ponto de partida para avaliar se é preciso investir em ações mais direcionadas no intuito de garantir o engajamento de todos em relação aos objetivos da empresa, motivando as pessoas e retendo os talentos.

Agora que você já ficou por dentro do que é o eNPS, faça uma reflexão. Você já está preocupado em medir a satisfação dos colaboradores? Sua organização pode contar com colaboradores engajados, que vestem a camisa e valorizam a marca da empresa?

Não deixe de compartilhar nos comentários suas impressões sobre o assunto!