5 dicas para motivar equipes e reter talentos!

Obter recursos humanos qualificados e motivados é um verdadeiro desafio. A qualidade profissional é um fator escasso, sendo necessário saber procurar, atrair e, sem dúvida, reter talentos. Devido a essa carência, não é de surpreender que os melhores funcionários tenham taxas de rotatividade mais elevadas, e mudem de empresa à medida que surgem propostas mais tentadoras.

Nesse contexto, os departamentos de recursos humanos tornam-se peças centrais quando se trata de assegurar a excelência entre suas fileiras. Pensando nisso, apresentamos ao longo deste artigo 5 excelentes dicas para ajudar você a motivar suas equipes e reter os melhores colaboradores. Boa leitura!

1. Construa uma marca

Uma das chaves para motivar equipes e reter talentos é construir uma “marca” que destaque a sua organização como uma boa empregadora. Para fazer isso, a empresa deve estabelecer uma cultura organizacional que a diferencie das demais e alinhar sua imagem externa com a interna, criando valores comuns e um forte sentimento de pertencimento.

Na medida em que objetivos elevados e nobres são compartilhados, a empresa é capaz de desenvolver o mais alto nível de retenção: o compromisso.

2. Ofereça um bom ambiente profissional

O ambiente profissional é um fator vital e, portanto, decisivo quando os funcionários decidem ficar ou sair de uma organização. As pessoas buscam, cada vez mais, um contexto em que possam estabelecer relações sociais e, ao mesmo tempo, atingir seus objetivos profissionais.

Nos dias atuais, sentir a empresa como um grupo amigável, como uma nova família, é uma necessidade de primeira ordem. Manter um bom relacionamento com os superiores hierárquicos é igualmente relevante.

3. Ofereça possibilidades de crescimento

Uma das maiores causas para a saída ou demissão de um profissional talentoso é a estagnação no cargo ou função desempenhada. Em outras palavras, a impossibilidade de ascender para melhores posições.

Portanto, é essencial estruturar planos de carreira que assegurem possibilidades reais de progredir e evoluir em sua trajetória na empresa.

4. Desenvolva sistemas de incentivo personalizados

Sem dúvida, os incentivos são um formidável estímulo para os colaboradores. Todavia, não basta que os benefícios oferecidos sejam consistentes em relação às atuais referências de mercado.

O mais importante é que o incentivo seja personalizado e de acordo com as necessidades e preferências de cada profissional, pois nem todos têm as mesmas motivações. O ideal é que suas realizações sejam devidamente reconhecidas, em termos de compensação salarial e congratulações públicas.

5. Implemente políticas que melhorem a qualidade de vida dos colaboradores

Aumentar a flexibilidade dos horários de trabalho é uma das mais eficientes formas de elevar os índices de retenção de talentos. Um bom exemplo pode ser encontrado no “home office”, que permite ao profissional atuar a partir de sua própria casa.

Outra alternativa bastante interessante consiste em permitir que os colaboradores participem de eventos escolares de seus filhos ou instaurar planos de apoio familiar, creches para as crianças e uma cultura de higiene e saúde.

Dessa forma, o nível de compromisso é aumentado e os trabalhadores têm um equilíbrio positivo entre o trabalho e a sua vida pessoal.

Quando as maiores organizações demonstram estarem mais orientadas para as pessoas do que para as tarefas, elas estão fazendo uma aposta a longo prazo para reter talentos.

Gostou do artigo? Então, assine a nossa newsletter e fique por dentro dos melhores conteúdos sobre recrutamento e seleção!