Quais processos de RH devem ser automatizados? Entenda aqui!

A automatização e o uso de tecnologias avançadas já fazem parte de todos os setores de uma organização. No caso do RH, os softwares garantem mais eficiência para a equipe, além de diminuir erros, tornando as tarefas mais precisas. Mas quais os processos de RH devem ser priorizados na digitalização? 

A dúvida permeia o dia a dia dos gestores, que precisam lidar com diversas demandas. Neste artigo, explicaremos mais sobre a automatização no departamento de pessoal, em quais procedimentos ela pode acontecer e muito mais. Confira!

Os principais processos de RH que devem ser automatizados

Há uma série de tarefas que podem ser automatizadas dentro da empresa, e com o setor de RH não seria diferente. A seguir destacaremos as principais delas. 

Recrutamento e seleção 

Começando pelo processo de recrutamento e seleção, a contratação dos melhores talentos para a empresa conta com a possibilidade de ser otimizada por meio de um software especializado. Desde a postagem da vaga, passando pela triagem dos currículos, seleção para entrevistas e as outras etapas podem ser conduzidas pelo programa. 

Uma ferramenta tecnológica é capaz de trazer mais eficácia e precisão para os processos seletivos, além de ajudar os profissionais a selecionarem estrategicamente aqueles perfis que mais se adequam aos requisitos da vaga divulgada. Imagine ter que fazer manualmente a triagem de centenas de currículos. Não sobrará tempo para focar em pontos estratégicos, certo? 

Portanto, o software é responsável por permitir que os profissionais não fiquem presos nessas tarefas demoradas e que são mais trabalhosas. Assim, eles conseguem concentrar os esforços, por exemplo, na elaboração das entrevistas e na escolha do profissional. 

Treinamentos 

A equipe de uma organização necessita de treinamentos constantes para se manter atualizada. No entanto, nem sempre é fácil coordenar um momento em que todos estejam disponíveis. Por isso, o software serve para suprir a necessidade de atualização dos profissionais da empresa. 

O funcionário terá a facilidade de assistir ao treinamento no momento em que desejar e de acordo com a sua disponibilidade. O interessante é que a ferramenta ainda permite testar o aprendizado por meio de pequenas provas e acompanhar a evolução, bem como a aplicação dos ensinamentos nas atribuições diárias do trabalho. 

Vale lembrar que o treinamento é uma área que necessita de investimentos, por representar um componente estratégico do RH. Além de impactar a capacitação dos funcionários, tal ação interfere diretamente no crescimento do negócio. 

Avaliação de desempenho

A avaliação de desempenho manual costuma demorar muito tempo. Logo, o uso de programas especializados para essa finalidade ajuda a economizar tempo e trazer maior precisão, evitando os erros que eventualmente incorrem devido ao número de funcionários que uma organização abriga. 

Além disso, a tecnologia evita o vazamento de informações para pessoas não autorizadas. Não podemos deixar de destacar também a maior facilidade em fazer o planejamento do ciclo avaliativo. Dependendo do tipo de avaliação que a empresa adota, como a 360º, é preciso reunir dados de diferentes fontes. 

O mapeamento de competências e comportamento de cada função também é facilitado como um todo. Consequentemente, o RH consegue alinhar não só os futuros processos seletivos, mas também os treinamentos. O processo de análise e criação de estratégias para o plano de desempenho individual ajuda também na melhora do desempenho da equipe.

Pagamentos e desligamentos 

Não poderiam ficar de fora dos processos de RH automatizados os pagamentos de colaboradores e também os desligamentos. No caso do pagamento, o software faz o cálculo automaticamente e o profissional de RH só precisa inserir os dias trabalhados e outras informações básicas.

Feito isso, a folha já sai com os descontos, FGTS, INSS e outros dados essenciais, garantindo não só a precisão, mas também o controle do orçamento. Além disso, o pagamento automático evita os atrasos nos recebimentos, que são extremamente desagradáveis. 

Agora, se a questão for relativa ao desligamento, a automatização facilita o processo, assessorando os afastamentos. A tecnologia otimiza o processamento de dados e documentos do funcionário, bem como a exclusão das informações após esse momento. Consequentemente, isso permite uma gestão dos arquivos de colaboradores e faz com que a empresa evite problemas junto à lei relativa aos trabalhadores.

A importância do uso de um software na gestão de RH

Mais do que escolher uma ferramenta de última geração, é preciso ter atenção a um aspecto importante da tecnologia: a sua capacidade de integrar os setores. Os sistemas avançados permitem unir informações dos departamentos, a fim de prover uma gestão de pessoas mais eficaz e estratégica, dando mais fluxo ao trabalho.

A adaptação dos novos contratados também é facilitada pela integração. O onboarding faz com que seja possível que os colaboradores executem bem as suas funções com plenitude desde o primeiro dia.

Melhores estratégias

As estratégias são melhoradas significativamente com um sistema que automatiza os processos de RH. Imagine que a empresa em que você atua precisa formar uma equipe de especialistas em determinada área. Com a ajuda do software ficará mais fácil tomar decisões estratégicas a respeito da escolha dos profissionais que melhor se encaixam nos pré-requisitos para compor a força de trabalho. 

Aliás, a melhora estratégica vai além. Os gestores conseguem ter acesso a dados que ajudam a tomar decisões, por exemplo, para treinar os colaboradores de maneira acertada, sem onerar os recursos em capacitação que não têm correspondência com as necessidades organizacionais. 

Eliminação de erros e concentração no core business

Ao automatizar as tarefas comuns ao cotidiano do setor de RH, os funcionários têm a possibilidade de se concentrar justamente naquelas tarefas essenciais, nas quais a capacidade intelectual deles é melhor aproveitada — o chamado core business. 

Consequentemente, a automatização daquelas tarefas comuns faz com que sejam eliminados os erros que podem acontecer por distração. O menor número de erros significa também menos retrabalho, que costuma atrasar todas as tarefas do RH.

Economia e segurança de dados

Apesar do investimento inicial em um software de qualidade, os ganhos em longo prazo são maiores, gerando uma economia considerável. Isso porque as tarefas cotidianas ficam a cargo do programa, o que permite aos colaboradores do setor serem mais produtivos, mas também terem mais agilidade nas suas funções. A diminuição de erros e retrabalhos também são pontos que refletem no aspecto econômico.

Ademais, a segurança dos dados é outro benefício a ser destacado. A menor vulnerabilidade das informações evita que elas sejam acessadas ou mesmo vazadas, algo precioso e estratégico na atualidade.

A automatização dos processos de RH é um importante passo a ser seguido pelas empresas que almejam a alta competitividade das suas equipes, mas também melhorar a qualidade dos produtos e serviços oferecidos aos seus clientes. 

Gostou de saber mais sobre os processos de RH automatizados? Se você deseja adotar um software com reconhecimento do mercado, entre em contato conosco!