Como funciona o recrutamento de profissionais de TI?

Recrutar bons profissionais é mesmo uma missão complexa. E ela fica ainda mais difícil quando o gestor precisa contratar pessoas para a área de tecnologia, que é bem técnica, está em frequente transformação e tem alta rotatividade.

Por tudo isso, o recrutamento de profissionais de TI demanda estratégias específicas e muito esforço. Então, para lhe ajudar com ele, veremos neste post algumas dicas práticas sobre o assunto! Continue lendo para conferir.

Atraindo os melhores profissionais

Divulgar uma vaga, fazer a seleção de currículos, entrevistar os candidatos — essas são atividades comuns do setor de RH. Além delas, no entanto, há um passo muito importante: fortalecer a sua marca empregadora. Quando a empresa conta com uma boa reputação nesse sentido, o RH seu fica mais estratégico, agindo inclusive em conjunto com o setor de marketing, para elevar sua demanda de mercado.

É necessário também verificar o que a empresa disponibiliza de melhor aos funcionários. Deixe de lado os benefícios que todo mundo já oferece e procure diferenciais para disponibilizar aos seus colaboradores. É importante frisar que eles mudam de acordo com as gerações e pretensões de vida. Logo, determine também, o tipo de talento que você quer atrair.

Além desse fator, vejamos agora mais algumas dicas práticas para melhorar o seu recrutamento de profissionais de TI!

Faça testes práticos durante o recrutamento

Levando em conta a natureza do seu trabalho, profissionais de TI devem ser bem testados quanto aos seus conhecimentos técnicos. Afinal, um perfil que à primeira vista parece adequado à vaga e à organização não basta como garantia de competência técnica de um candidato, certo?

Uma boa ideia é contar com a própria equipe de TI para desenvolver esses testes. O intuito aqui é conhecer mais profundamente as competências de cada candidato, analisando as suas habilidades com os sistemas e as ferramentas utilizadas na organização.

Esse é um processo bastante vantajoso, tanto para a empresa quanto para o futuro funcionário. Por um lado, permite que o colaborador compreenda melhor quais serão suas tarefas; por outro, opera como um funil para a empresa selecionar candidatos, simplificando a escolha do melhor profissional.

Crie planos de carreira e benefícios atraentes

Grande parte dos profissionais anseiam se desenvolver na empresa em que atuam. O desejo por cargos de maior nível, por exemplo, é muito comum — e pode ser utilizado pela organização como estratégia de retenção de talentos.

Em outras palavras, é essencial criar um plano de carreira bem organizado. Isso significa determinar bem as funções que serão executadas em cada nível, e o que é preciso para que um funcionário chegue até lá.

Além da remuneração, também vale a pena pensar em outras formas de valorização e recompensa. Entre as vantagens que os profissionais de TI buscam atualmente, podemos citar:

Powered by Rock Convert
  • dress code informal;
  • possibilidade de home office e horários flexíveis;
  • ambientes inovadores;
  • companhias cujo objetivo se relaciona a algo maior, algo em que eles acreditem.

Analise a aderência à cultura organizacional

Geralmente, mesmo que sejam bons, os profissionais não conseguem apresentar um bom rendimento quando não se adaptam bem ao ambiente da empresa. Nesses casos, a contratação acaba sendo ruim tanto para a empresa quanto para o funcionário.

Por esse motivo, além de todas as habilidades comportamentais e técnicas, de que já falamos, é fundamental conferir se o candidato se identifica com os valores e a cultura da empresa. Para isso, insira cases que simulam situações comuns na sua rotina de trabalho e analise se o posicionamento do candidato condiz com a atitude esperada.

Conte sempre com o apoio da equipe de TI

Pelo que vimos até aqui, você já deve ter imaginado que o RH não deve atuar sozinho no recrutamento desse pessoal, certo? É importante que a equipe de TI também dê orientações ao RH com relação às habilidades técnicas do candidato, participando até do processo seletivo.

A equipe de RH deve atuar em assuntos comportamentais, como avaliação de perfil, testes psicológicos etc. Também, deve realizar uma triagem dos candidatos e optar por aqueles que apresentam o melhor perfil para o teste técnico. A equipe técnica de TI, por sua vez, trabalhará nesses testes e na avaliação de competências práticas que o setor exige.

Com essa atuação em conjunto, ambos os departamentos otimizarão o processo seletivo e conseguirão assegurar contratações mais inteligentes.

Analise as habilidades interpessoais

Como em qualquer outro setor, profissionais de TI devem apresentar habilidades interpessoais para executarem de forma efetiva as suas atividades diárias. Em especial, aqueles que realizarão o atendimento ao usuário precisam de ótimas habilidades de relacionamento e comunicação.

Na verdade, até os funcionários que não terão grandes responsabilidades de atendimento deverão se comunicar com gestores, colegas e possíveis liderados, não somente no próprio setor, mas também nas outras áreas. Por esse motivo, analise bem as habilidades interpessoais dos candidatos ao longo do processo de seleção.

Invista na retenção de talentos

É importante dizer, por fim, que o trabalho com profissionais de TI não acaba na contratação. Isso porque o turnover pode ser bastante significativo nesse setor — é bastante comum que esses colaboradores recebam convites para novas oportunidades. Por isso, o RH deve atuar também na retenção desses talentos.

Os profissionais são os principais recursos de uma empresa, seja qual for o seu setor, e devem ser tratados como tal. Nesse sentido, é importante oferecer avaliações, treinamentos e feedbacks frequentes, e isso vale tanto para gestores quanto outros colaboradores. O funcionário deve saber exatamente o que a organização espera dele, os pontos que podem ser melhorados e os impactos positivos do seu trabalho, além de ter sempre um espaço para realizar sugestões e críticas.

Enfim, com tudo o que vimos neste artigo, fica claro que o recrutamento de profissionais de TI pode, sim, trazer algumas dificuldades para o recrutador. Ainda assim, seguindo essas dicas fica bem mais fácil acertar no processo de contratação e aumentar a retenção dos seus talentos!

Então, gostou do conteúdo? Agora que já sabe como recrutar profissionais de TI, não perca mais tempo e assine a nossa newsletter! Assim, você receberá todas as nossas próximas atualizações diretamente em seu e-mail.