Como manter a cultura organizacional quando todos estão em home office

Em pouquíssimo tempo, a pandemia COVID-19 desencadeou uma grande mudança nas organizações, colocando todos para atuarem de forma remota, trazendo mudanças, talvez definitivas, para o que até então conhecíamos como o modelo tradicional de trabalho.

É comum abrir o jornal e ver que muitas grandes empresas estão incentivando os funcionários a executarem suas tarefas em casa. Até mesmo alguns CFOs estão se desfazendo de suas salas comerciais, inclusive andares inteiros, para transferir permanentemente parte das equipes para o trabalho remoto.

Com uma mudança de cenário tão rápida e em grande escala, não é surpresa que alguns se sintam nostálgicos da vida no escritório: salas de reuniões, cafezinho e estações de trabalho. E é justamente essa rotina de escritório que ajuda muitas vezes a sustentar a cultura de uma empresa. 

A IBM, por exemplo, pioneira em trabalho remoto que anunciava os benefícios de ter 40% de sua força de trabalho de forma remota em 2009, ganhou as manchetes em 2017, quando trouxe milhares de funcionários de volta ao escritório.

Acontece que, mesmo com várias ferramentas de colaboração online, muitas vezes não há substituto para comunicação face a face, que é necessária para muitas resoluções de problemas e trabalho em equipe. Isso ocorre porque faz parte da nossa cultura entendermos nossas interações por meio da linguagem corporal, emoções e expressões, o que é comum se perder num espaço virtual.

Mas o que o êxodo dos escritórios implicará na cultura organizacional, que é sentida e vivenciada mais do que articulada? Como os gerentes e funcionários podem sustentar uma cultura, ou adaptá-la com eficácia, perante a longos períodos de trabalho remoto?

Construindo uma forte cultura em um time remoto

Desenvolver a cultura de equipe produtiva, bem-sucedida e entrosada não acontece por acaso. Se a sua empresa vem cultivando intencionalmente uma cultura baseada no escritório, pode estar se perguntando como garantir que ela continue, mesmo quando todos estão em casa.

Para equipes que sempre trabalharam remotamente, isso pode ser resolvido de uma forma mais fácil. Já outras empresas que sempre estiveram em um escritório, precisam pensar rapidamente e fazer um plano. Portanto, para manter uma cultura e uma equipe eficaz, os membros da equipe devem entender onde o trabalho individual se encaixa no contexto total do plano estratégico e objetivos compartilhados de sua organização.

Baseados nesses parâmetros, eles devem ser capazes e estarem dispostos a discutir e ajustar seus comportamentos e mindset para garantir que todos da equipe sintam-se confortáveis ??e confiantes para trabalhar em prol desses objetivos comuns.

Um dos pontos chaves é fazer a contratação certa dos membros da equipe. Você deve ter certeza absoluta de contratar apenas as melhores pessoas para sua equipe. Dessa forma, estará tornando o processo de formação da cultura corporativa numa maneira mais natural e assertiva.

Mas, além disso, alguns outros pontos são extremamente importantes para que a cultura organizacional não seja apenas criada, como também mantida:

  • Ao trazer as pessoas certas, você também conseguirá criar rituais e tradições: famílias e grupos próximos de amigos tendem a ter atividades em comum, certo? Criar essas tradições com os membros de sua equipe, independentemente da frequência com que isso aconteça, ajuda a manter a equipe coesa e incentiva uma comunicação aberta e a confiante. 
  • Criação de um ambiente aberto: incentivar discussões sobre a cultura organizacional entre toda a equipe por meio de um ambiente aberto e livre de julgamentos, no qual seus funcionários não tenham medo de expressar suas opiniões (de maneira respeitosa).
  • Dar voz e garantir que todos sintam-se confortáveis ??para compartilhar suas opiniões e ideias significa que haverá muito mais pontos de vista e opiniões diferentes a serem levados em consideração. 
  • Discutir, ajustar e melhorar: depois de criar esse ambiente aberto, você deve abordar regularmente o tema da cultura de sua equipe com todos os presentes (seja virtualmente ou pessoalmente), para que possa examinar e discutir como você trabalha em equipe, quais são seus valores, quais são suas expectativas e medos.
  • Estar virtualmente presente: Use chamadas de vídeo para se comunicar ao invés de chamadas telefônicas, email ou grupos de whatsapp. Ver o rosto de alguém ajuda a aproximar e a criar vínculos. 
  • Uma comunicação baseada somente em textos é fácil de ser mal interpretada e mensagens instantâneas podem parecer mais abruptas do que deveriam. Revise tudo o que você escreve para ver como pode ser deduzido. Use emojis se precisar. Melhor ainda, siga a dica anterior, faça videochamadas com mais frequência!

A cultura corporativa também está relacionada a Transparência total

Ninguém gosta de se sentir sem informação sobre a empresa, como ela está indo e o que está acontecendo nos negócios. 

Manter todo o time informado traz à equipe o sentimento de pertencimento e isso faz com que se sintam mais importantes, conectados e informados. 

Além da transparência de cima para baixo, também é preciso haver transparência total quando se trata de processos horizontais na empresa. Isso significa atenção ao fluxo de trabalho, dependências e colaboração.  Clareza sobre quem faz o quê, por que e como.

Uma coisa é certa: os hábitos mudaram e a cultura organizacional não pode ser deixada de lado.

Quer conhecer mais sobre cultura organizacional? Leia outros conteúdos exclusivos no nosso blog.

Se você gostou desse artigo, compartilhe nas suas redes sociais e deixe seu comentário abaixo.