6 maneiras de engajar sua equipe trabalhando em home office

Não há dúvida de que o coronavírus (COVID-19) mudou drasticamente o cenário dos negócios em 2020 e isso inclui mais empresas incentivando ou exigindo que seus funcionários trabalhem em casa. Embora muitos profissionais já realizassem antes algum trabalho de forma online, muitos funcionários e gerentes ainda estão tentando se ajustar a essa mudança de rotina.

Trabalhar em casa significa ter mais distrações, menos maneiras de interagir naturalmente com os colegas de trabalho e mais isolamento social – tudo isso pode levar a menos produtividade. Para superar esses desafios, os gestores devem explorar novas maneiras de colaborar com os seus funcionários e permitir mais maneiras dos mesmos estarem conectados entre si.

Pensando nisso, nós aqui da Selecty, selecionamos 6 maneiras de manter sua equipe engajada e produtiva enquanto trabalham em casa. Acompanhe:

1. Mantendo sua equipe remota produtiva

Gerenciar a comunicação e a colaboração é uma luta constante no local de trabalho, e isso pode se agravar quando toda a equipe está trabalhando de forma remota. Isso significa que os gestores precisam ser proativos na criação de um ambiente que promova uma comunicação eficaz – onde as equipes remotas jogam bem juntas!

Uma coisa a se ter em mente ao gerenciar uma equipe remota é contratar pessoas adequadas para isso. Certifique-se de que seus novos contratados sejam altamente qualificados em seus cargos, possam trabalhar sem motivação externa e tenham como foco principal os resultados. Estas pessoas estarão mais preparadas para trabalharem de forma autônoma.

Claro que também existe a necessidade de se ter um processo para rastrear tarefas e garantir o progresso de toda a equipe. Para isso, comece com objetivos e resultados principais (OKRs), um sistema de metas para que o gestor possa estar amparado.

Os OKRs criam alinhamento e engajamento em torno de metas mensuráveis, ajudando a identificar objetivos e resultados-chave como métricas para monitorar o progresso. 

Os OKRs devem ser públicos em sua organização para que os funcionários possam ver no que seus colegas estão trabalhando. Empresas como Google, Spotify, Walmart e ING Bank usam OKRs para definir e atingir metas. 

2. Objetivos Claros e Compartilhados

Agora que você tem seus OKRs, é hora de atingir esses objetivos. Mas como gerenciar projetos para uma equipe remota onde as pessoas trabalham muitas vezes em horários diferentes e a maior parte da comunicação ocorre de forma assíncrona? A resposta, sem surpresa, é tecnologia.

Ferramentas modernas tornam mais fácil para as equipes – remotas ou não – trabalharem juntas em projetos multidisciplinares. Isso não apenas ajuda os gestores a serem mais transparentes dentro de sua equipe, tendo visibilidade sobre “quem está trabalhando em quê”, mas como também promove um senso de propriedade e responsabilidade.

São diversas as ferramentas disponíveis hoje no mercado, desde os mais completos sistemas de gestão até sistemas mais simples e que podem ser usados de forma gratuita. A seguir traremos mais dicas sobre essas ferramentas.

3. Criando um fluxo de comunicação

Quando trabalhamos de forma remota, muitos ficam com a sensação de que a transparência fica comprometida. O funcionário já não tem mais a liberdade de consultar com tanta facilidade um colega de trabalho, discutir um projeto durante intervalos para o café improvisados ??ou realizar reuniões pessoais ou em grupo de ultima hora.

A comunicação é um dos aspectos mais críticos de uma cultura de trabalho. Ele mantém todos os membros da equipe atualizados e ajuda a manter um fluxo de trabalho saudável.

Para os gestores, fica difícil manter todos na mesma página se não houver um objetivo claro para a equipe e torna-se bastante desafiador colocar tudo junto quando a comunicação está comprometida.

Nossa recomendação para este ponto é que a sua empresa consiga manter todos na mesma página. Ferramentas de videoconferência, como Zoom, e ferramentas de chat, como Slack, podem ajudar a preencher a lacuna de comunicação entre os membros da equipe e construir confiança cognitiva e emocional. Além disso, para manter um fluxo de trabalho entre os membros da equipe, um sistema de gerenciamento de projetos, como Asana ou Trello é uma ótima opção.

4. Atenção para as distrações no trabalho

Embora ofereça flexibilidade, trabalhar em casa pode trazer muitas distrações – a agitação de uma casa, uma televisão ligada ao fundo ou crianças falando ou brincando por perto, torna difícil trabalhar com eficiência. Suas tarefas domésticas continuam chamando você, e você precisa definir um alarme mental para colocar tudo no lugar.

Como superar: em primeiro lugar, mantenha suas prioridades intactas. Coloque sua estação de trabalho em um espaço sem distrações com pouco ou nenhum ruído, se possível. Crie uma lista de tarefas que atenda aos seus objetivos pessoais e profissionais. Não os sobreponha.

5. Falta de motivação

Sem tempo para nos preparar para esta fase de isolamento obrigatório, sabemos que trabalhar isoladamente tem se tornado um enorme desafio para milhares de pessoas.

O tradicional escritório nos dá o sentimento de pertencimento, o que é gratificante e motivador. Quando você trabalha em casa, precisa trabalhar com base em sua motivação intrínseca. O nível de engajamento, portanto, pode diminuir se as necessidades dos funcionários não forem atendidas. A falta de motivação não afeta apenas o trabalho, mas também tem um impacto prejudicial na saúde mental.

Gestores precisam se atentar para este ponto importante e para aumentar a motivação dos funcionários e mantê-los engajados, talvez seja necessário adotar uma abordagem um pouco diferente neste momento de trabalho remoto.

Manter a linha de comunicação com a equipe. Oferecer cursos online gratuitos ou com desconto para que eles desenvolvam suas habilidades e conhecimentos técnicos. Oferecer dicas sobre saúde mental ou fazer uma sessão de bate-papo em grupo todas as semanas, onde todos podem expor suas preocupações.

6. Equilíbrio entre a vida profissional e vida pessoal

Trabalhar em casa remove o método tradicional de funcionamento; você não faz mais o trajeto para o trabalho ou termina suas tarefas diárias em um período definido. Você se torna mais consciente das necessidades e deveres que tem em casa. Gerenciar crianças ou fazer tarefas domésticas também entram em sua lista de prioridades. Equilibrar tudo de forma eficaz pode ser uma tarefa complicada e demorada.

Para quem está em casa é importantíssimo manter as prioridades bem definidas. Um dos aspectos cruciais aqui é o gerenciamento do tempo. Divida o seu trabalho, tanto pessoal quanto profissional. Tenha horários específicos para terminar suas tarefas. Não procrastine, conclua o trabalho mais importante durante as horas mais produtivas e monitore seu progresso.

Apesar dos desafios acima, trabalhar em casa pode ser muito gratificante. Isso lhe dá flexibilidade e tempo suficientes para mantê-lo ativo.

Achou interessante a leitura? Agora que já sabe como é possível manter a sua equipe produtiva e engajada trabalhando de forma remota, aproveite para seguir nossos perfis nas redes sociais e fique por dentro dos próximos conteúdos! Estamos no Facebook, no Instagram e no Linkedin.